Bem vindos.Obrigado pela visita. Benvenuti. Grazie per la visita. Willkommem.Dunke fur lhren besuch.Bienvenido. Gracias por su visita. Welcome.Thanks for visiting. Bienvenue. Merci de votre visite.


terça-feira, 26 de outubro de 2010

Educação em Mococa

Escola Barão de Monte Santo. Década de 1910

Conforme escolhido pelos leitores na ultima enquete. O tema desta postagem foi Educação. Para discorrer sobre o presente tema diga-se de passagem um tanto quanto polêmico. Que a cada dia, semana, mês e ano é foco de simpósios, encontros, fóruns, debates e palestras em escolas, faculdades, centros universitário e universidades do Brasil e do mundo.

No principio da povoação não existiam escolas. Porém existiam professores que se dedicavam a educar os filhos das elites, dentro de suas próprias casas grandes. Partindo do ponto de vista de Karl Marx, da luta de classes: “Saber é poder”. E neste caso o saber era privado aos filhos das elites que posteriormente eram encaminhados para estudarem nos estados de Minas Gerais e Rio de Janeiro.

Segundo consta na bibliografia de Queiróz, os primeiros colégios a surgirem são na ultima década do século XX. Colégio Miranda criado em 1891. Em seguida o Colégio Oliveira e Colégio Infantil. Década ascensão econômica e progresso urbanístico. A qualidade de ensinos destes colégios passava por diversas criticas na época. De nível Secundário.

Para melhor ilustrar este artigo alguns dados do censo de 1892.

População Geral - 7731

Alfabetizados - 1579

Analfabetos – 6152

Fica claro o auto índice de analfabetismo da população. E mais ainda que as escolas eram privilégios para poucos no final do século XIX. Conforme a escola libertária afirma: “Quem sabe manda”. E neste caso as elites cafeeiras e seus descendentes.

A “Escola Barão de Monte Santo”, primeira escola pública da cidade. Fundada em 1901 e depois instalada mais tarde em 1913, no atual Prédio tombado pelo Governo do Estado, na ultima década do século XX. Esta de nível primário

Entre 1915 fora instalada em Mococa a Escola de Farmácia, que infelizmente em 1918 sem justificativa voltou a funcionar em Ouro Fino-Minas Gerais.

Em 1924 é inaugurado o educandário para meninas. Colégio Maria Imaculada, serviços estes prestados pelas Irmãs Concepcionistas.

A Escola Profissional Mixta “ Cel. Francisco Garcia” fundada em 1932, criada por fazendeiros, professores, industriais, comerciantes, lideres políticos e profissionais da saúde. Criada para preparar mão-de-obra qualificada. Paulatinamente as outras escolas foram sendo criadas e fará parte de outras postagens do blog muito em breve.

Em relação à educação os dados históricos não são nada agradáveis, pois o analfabetismo era alarmante. E isso com o decorrer do século esta sendo reparado. Conforme Paulo Freire (1921-1997) “ Uma das condições fundamentais é tornar possível o que parece não ser possível. A gente tem de lutar para tornar o possível o que ainda não é possível.Isto faz parte da tarefa histórica de redesenhar e reconstruir o mundo.”

Ficando assim o desafio para os educadores não só de Mococa assim como do mundo todo.

Fontes:

Queiróz, Humberto de. A Mococa, de sua fundação até 1900. São Paulo: Tyo. Diário oficial, 1913.

Gallo, Silvio. Educação anarquista: um paradigma para hoje. Piracicaba, 2007. Brasilia.

Freire, Paulo. Para educadores.São Paulo, arte e ciência.1998.

Gustavo de Souza Pinto

(Bacharel, licenciado e Pós-graduado em História. UNESP-Franca)

http://lattes.cnpq.br/6467391538040938

Contato: clioprojetosculturais@gmail.com


3 comentários:

  1. Gustavo, olá.
    Parabéns pelo site e que poderá funcianar como blog. Tenho um trabalho sobre o Museu Histórico e do Café de Ribeirão Preto e gostaria de apresentar em seu site. Acredito que poderá fortalecer a história cultural e economica regional, oriunda do século XIX. O que vc acha? abr. Silvia

    ResponderExcluir
  2. Obrigado pela visita e pelos elogios.
    Aguardo o seu contato por mail.
    Grato Atenciosamente
    Gustavo Pinto

    ResponderExcluir
  3. Maria de Fátima Bueno Baleeiro22 de dezembro de 2010 13:35

    Olá Gustavo,adorei o blog .Embora não tendo nascido em Mococa e morando aqui já algum tempo ,Mococa para mim é como se fosse minha cidade natal e amo esta cidade ! Estarei sempre neste blog para conhecer mais sobre a cidade.Sucesso a voce!
    Maria de Fátima Bueno Baleeiro

    ResponderExcluir